Notícias

Ganho com oferta inicial do Alibaba dá fôlego para aquisições do Yahoo

size_590_jack-ma-nyse-alibaba

22-09-14 | Notícias & Artigos de Fusões e aquisições | admin |

SÃO PAULO – A oferta inicial do Alibaba fará o Yahoo US$ 5,1 bilhões mais rico. Esse é o montante que a empresa de tecnologia vai receber após vender 121,7 milhões de ações da gigante do e-commerce e pagar impostos sobre ganhos de capital de cerca de 38%. Cada ação do Alibaba saiu a US$ 68 na operação, no teto da faixa estimada no prospecto.

Os ganhos, há muito esperados pelos investidores do Yahoo, colocam pressão para que a presidente Marissa Mayer encontre novas áreas de crescimento. Há mais de dois anos tentando reverter o envelhecimento do portal de internet, seu negócio principal, de propaganda, está encolhendo e o Yahoo continua a perder mercado para o Google e o Facebook.

O Yahoo retornará cerca de metade dos ganhos com o Alibaba para os acionistas, segundo declarações dadas pelo diretor financeiro Ken Goldman em julho. Ele não especificou se esse retorno se daria na forma de um programa de recompra ou de dividendos.

Com os US$ 1,55 bilhão em caixa que já estão no balanço, Mayer terá agora mais de US$ 4 bilhões em capital para gastar em aquisições ou entrar em novos mercados. Sob o comando da executiva, a empresa já comprou mais de três dúzias de start-ups, incluindo os US$ 1,1 bilhão pagos pelo Tumblr e diversas pequenas desenvolvedoras de aplicativos par a celular.

As ações da AOL subiram 3,3% ontem, quando Richard Anthony, um analista do BCG Partners, disse em relatório que a companhia poderia ser um alvo interessante para o Yahoo. A AOL, que hoje tem um valor de mercado de US$ 3,4 bilhões, pode estar exatamente dentro da faixa de preço almejada por Mayer.

Mas Jacqueline Reses, diretora de fusões e aquisições do Yahoo, descartou essa possibilidade durante uma conferência de tecnologia em julho. Nem Yahoo e nem AOL quiseram comentar oficialmente o assunto.

Hoje, a ação da Alibaba abriu seu pregão de estreia cotada a US$ 92,70. Com esse preço, o Yahoo poderia ter arrecadado cerca de US$ 2 bilhões a mais com a venda de sua participação. Mas os ganhos também valorizam a grande fatia que o Yahoo ainda detém na companhia, de 401,8 milhões de ações. Essa fatia valia US$ 37,25 bilhões ao preço de abertura de hoje, um número que vai subir ou cair dependendo do que serão os primeiros dias ou semanas de negociação.

O valor do negócio principal do Yahoo também ficará mais claro em decorrência do IPO do Alibaba. As sumindo que o Yahoo tenha que pagar os impostos cheios sobre a venda dessas ações remanescentes — quando e se ela ocorrer —, a participação total na companhia seria avaliada hoje em US$ 28,2 bilhões.

Acrescentando a isso uma fatia no Yahoo Japão que vale cerca de US$ 5 bilhões depois de impostos e a posição de caixa de US$ 1,55 bilhão, conclui-se que o Yahoo está sentado em cima de US$ 34,75 bilhões que não são ligados à sua atividade principal. Subtraindo esse valor de seu atual valor de mercado, de US$ 40,6 bilhões, é possível dizer que os investidores avaliam o negócio principal da companhia em US$ 5,85 bilhões.